sexta-feira, 17 de abril de 2009


Cata vento.
Catavento.
Cata-vento.

Voa leve em movimento
um tempo

logo cato
cacos de momentos
cato breves pensamentos...

Giro ao sabor do vento
sou o eixo de ponteiros
desse arco. Cata, vento!

Cata vento.
Catavento.
Cata-vento.

No canto o vento
sopra leve Cata-vento.

sopra leve
cata, o vento!

5 comentários:

f@ disse...

En c a n t o s do vento
re moínho de sons e cores...

beijinhos

Godet disse...

O giro do sonho, buscando vida...
O giro da vida em cores...
Catando tão bem assim,esses teus ventos!!!
bjs

GUSTO VIBE disse...

Em contos, A COR DÁ um som
Nos cantos, ACORDAR de um sonho bom
Catando ventos...
invento, enventamos...

Abs

GUSTO VIBE disse...

...é uma letra de música que você fez?

Parabéns!!!

Camilla Ribeiro. disse...

Amei os jogos de palavras. Uma poesia rica!!