sexta-feira, 11 de junho de 2010

Amor de msn



A ele que diz me amar...




Fê: Amor de msn,quer tc?
Edu: Sou eu, o Edu de 5 anos atrás, da sala de bate papo UOl.
O tempo passou.O destino, ainda conspira.
Manda uma foto pra mim.
Fê: Aceita,aí!
Aceitar e Cancelar.
Carregando...

Fê: Mandei.
Edu: É linda, a minha carioca.

Fê está digitando...

Fê: Amor de msn, Rio de Janeiro em destino a São Paulo...Eu tenho minhas praias e o Cristo entre as nuvens, enquanto não passas de um homem urbano que só pensa em trabalhar.

Edu: Hum... (ele pensa... : mulher sempre tc d+, pq fala d+ rsrsrs...)
Aff...básico.

Fê está digitando...
(isso sempre aparece no messenger quando a mensagem demora a ser entregue)

Fê: Eu atravesso a ponte Rio Niterói, e a sua Avenida, é a Paulista.
Amor de msn, vamor dar um tempo. Esse mês, to avisando,
fico sem Net.

Edu está digitando...

Edu: Amor sem msn, São Paulo em destino ao Rio de Janeiro, via telefone. Assim, não deixo scrap no orkut. Vou passar muitos torpedos, pra vc naum me esquecer!

Fê: Vc diz q vem?
Edu: Eu vou, é só uma questão de tempo...
Eu voo.

14 comentários:

Mensageiro Obscuro disse...

Eu tive namoradas virtuais, umas moravam em SP, DF e MG, depois de tanto me lascar nesses tipos de namoros decidi ter apenas paqueras virtuais, sem compromisso e sem stress, isso me deixou mais solto e logo sofri menos. Fica aquela sensação de "quando eu passar aí ficaremos juntos, isso se ambos não tivermos compromissados com outras pessoas". Eu tenho uns amores de MSN, mas são coisas bem leves, não quero namorar mulheres que morem longe, isso é desgastante demais para mim. Atualmente eu suporto 90 minutos de trânsito por uma namorada, mais que isso não dá.

O texto é interessante, me fez refletir legal sobre essa questão que é cotidiana na minha vida.

Desengavetados disse...

Que bom, Mensageiro Obscuro, que esse texto fez vc refletir. Penso que isso é muito comum nos dias de hoje...parece que as pessoas nem se importam mais em se conhecerem melhor, elas se arriscam, em nome do sentimento e não estão preocupadas com distância e nem com convenções maiores.
Também não excluo a possibilidade desses relacionamentos darem certo, acredito que a experiência é pessoal, de cada um.

Abraços!
Grata pela visita!

Andréa.

Renata de Aragão Lopes disse...

Tão simples a ponte aérea! rs

Beijo,
doce de lira

[ rod ] ® disse...

Que o amor seja atuante em todas as etapas e que não morra nas tentativas! Um bj moça.

Mensageiro Obscuro disse...

Tem namoros que dão certo, mas acredito que isso só ocorre se ambos os lados cumprirem o combinado. Fico contente comigo por saber que não falhei nas partes que me cabiam, mas as máscaras caem e minhas ex-namoradas à distância não eram tão boas na "arte" da mentira.

Prefiro apenas me aventurar em romances curtos com mulheres que morem longe, por eu ser aventureiro eu amo pessoas sem apego, assim não me prendo em grilhões e não finco raízes.

F. Otavio M. Silva disse...

Acho que todos nós que lhe damos muito com internet já passamos por algo parecido. Parabéns pelo texto, fico muito interessante e agradável de ler. Dá uma passada no meu depois, ok?

http://otaviomsilva.blogspot.com/

Grato,
Abraço.

Desengavetados disse...

Grata pela visita de vcs! É sempre um prazer pra mim, receber esses comentários e saber que vcs me acompanham.
Mensageiro Obscuro e Renata voltem sempre!

Rod e Otávio, sejam bem-vindos a esse espaço que tem por objetivo divulgar o meu trabalho com textos.
Qualquer modo de expressão via arte, sempre é válido!
E to indo conhecer o espaço de vcs tb.

Abraços!

Andréa.

Batom e poesias disse...

Nada contra namoros virtuais, enquanto continuam assim, pois a química do gostar envolve tantas outras coisas: cheiro, voz (principalmente), olhar, entre outras...

Gostei do texto.
bjcas

Paulo Rogério disse...

Andrea,
a internet parece ser campo mais respeitável para negócios e esse nosso compartilhamento de idéias em blogs.
Já quando surgem o tc, os emoticons, enfim, as paixões, torna-se perigoso, pois também costumam trazer os anexos das relações pessoais, como ciúmes, enganos, desencontros, mentiras...
Claro, tudo dependerá de como os enfrentamos na vida real...
Beijos!

♥ Vitória de Melo Bispo ♥ disse...

Andréa,

sobre o meu texto-poema, que bom que tu gostasse! Fico muito apreensiva porque não sei mesmo fazer poemas! O teu comentário me deu mais ânimo pra fazer mais, inclusive, me arrisquei de novo! Olha lá.
Sobre o "dia dos ex-namorados", eu nunca passei por essa situação na vida, graças! haha. O texto é tudo como minha cabeça imagina que seja. Acho que deve ser assim mesmo! Tanta gente se identificou.
Sobre o meu contato, é aquele e-mail mesmo que tem no blog, também uso-o como msn: vitoriabispoblog@hotmail.com

E, finalmente, sobre seu texto, ah... por isso eu já passei mesmo, viu, "Fê"? tamo junto, amiga! Dá cá um abracinho. ahaha

Sensacional, tua versatilidade!
Parabéns! Tô colada aqui, sempre.
Beijão.

Rhalyne disse...

"Eu vou, é só uma questão de tempo!"
Como sempre, textos maravilhosos.
Sucesso querida *-*

Desengavetados disse...

Legal ver a opinião de vcs aqui:

Rossana, Paulo Rogério, Vitória e Ralyne.

Beijos a todos vc e valeu o carinho!

Andréa.

Renata de Aragão Lopes disse...

Ps:

embora não creia muito
em amores à distância.

meus instantes e momentos disse...

isso existe, então que se tenha, que se faça bem....
Maurizio